16 de mar de 2013

Somos Igreja Jovem: 40 anos construindo a Civilização do Amor!


O que a memória amou, ficou eterno (Adelia Prado).

Em 1973, 40 anos atrás, a Pastoral da Juventude dava sinais das suas primeiras articulações em nível nacional. Neste mesmo ano, aconteceu o 1º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, com o objetivo de reunir e partilhar experiências com grupos de jovens nas comunidades de várias regiões brasileiras, e, dessa forma, construir a Pastoral da Juventude do Brasil. E assim começa uma história de muitas lutas, utopias, amizades, formação e mística. Igreja, assessores, jovens protagonistas, que acreditavam e continuam acreditando no Projeto de Jesus, desde o início da caminhada da PJ têm a opção preferencial pelos jovens e pelos pobres e há 40 vêm construindo a Civilização do Amor. 

Foto: Tiago Gerff

Para celebrar essa história e reafirmar a identidade da Pastoral da Juventude e sua opção pela evangelização a partir dos grupos de jovens, aconteceu nos dias 9 e 10 de março, na cidade de São Leopoldo, na rede de comunidades São João Batista, um seminário de abertura do ano celebrativo.  O encontro foi pensado pela Coordenação Nacional da Pastoral da Juventude, juntamente com a Comissão Nacional de Assessores. Os jovens da Diocese de Novo Hamburgo também foram parceiros na organização. 

Na tarde do sábado os jovens – cerca de 250 – de vários rostos e lugares começaram a chegar ao local do encontro, sendo acolhidos com muita alegria em uma escola próxima à paróquia. Na oportunidade, Dom Antônio Carlos Altieri, Arcebispo de Passo fundo e referencial da juventude no Regional Sul 3 da CNBB, compareceu para deixar sua mensagem à juventude, falando sobre a importância de termos a coragem para assumirmos o Projeto de Jesus. Padre Hilário Dick também acolheu e foi acolhido pelos jovens. Oficinas formativas, lúdicas e culturais finalizaram a tarde do sábado.

No sábado à noite, a juventude participou com a comunidade de uma missa presidida por Dom Sinesio Bonh, para celebrar e rezar os 40 anos de caminhada. A presença da comunidade significou a atuação que a PJ tem nesses espaços de base, onde estão os grupos de jovens. Foi um momento de agradecer a Deus por tanta vida gerada na caminhada da PJ. Na celebração, também foi lançado o Selo Comemorativo, uma bonita figura, contendo elementos que representam a identidade da PJ, a sua história e o seu presente. Depois da celebração, aconteceu uma bonita festa, onde o grupo tradicionalista Sepé Tiaraju, da comunidade, fez sua apresentação, e a juventude pode dançar e expressar sua felicidade.



O seminário teve continuidade na manhã do domingo, onde o nome dos grupos de base foram partilhados durante a recordação da vida.   Na composição da mesa, a jovem Josieli Lazzarotto, da Arquidiocese de Passo Fundo, Dom Sinésio, Pe. Hilário e Thiesco Crisóstomo, Secretário Nacional da PJ, foram convidados a partilhar suas experiências com a Pastoral da Juventude, desde o seu nascimento até os seus atuais desafios na evangelização da juventude.

Assim foi a abertura do ano comemorativo aos 40 anos de articulação da PJ no Brasil. A esperança de que a PJ continuará lutando pela vida da juventude, organizada em grupos de jovens, nas comunidades de base, criando laços fraternos e sonhando e construindo a Civilização do Amor com protagonismo juvenil, pôde ser sentida em cada jovem que estava lá. 

Muita vida aconteceu ao longo da história da PJ, um caminho já trilhado por muitas pessoas, e que hoje nós também estamos construindo e vivendo! 

Abençoados e abençoadas através das palavras de D. Sinésio, seguimos para o solo sagrado das nossas dioceses: “A Pastoral da Juventude do Brasil está abençoada!”

Josieli Lazzarotto
PJ Arquidiocese de Passo Fundo,
pela Coordenação Regional da PJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário